Sódio faz mal? Saiba como evitar o consumo excessivo.

O sal é um ingrediente utilizado para realçar o sabor de vários alimentos. Embora deixe tudo ainda mais saboroso, ele contém sódio, e não podemos negar que o sódio faz mal para a saúde.

Mas apesar de ele ter a fama de ser um grande vilão, é fato que também possui o seu lado positivo, que nem todo mundo conhece. O perigo está no consumo exagerado de sal, porque isso sim pode trazer sérias consequências.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então continue lendo nosso artigo e entenda o lado positivo e o lado negativo do sal, além de aprender como preparar pratos saborosos mesmo sem acrescentar esse ingrediente. Confira!

 

Por que o sódio faz mal?

O sódio é um elemento químico classificado como metal alcalino. Essa substância está presente em vários alimentos, tanto industrializados como naturais. Para o ser humano, sua maior fonte de obtenção é o cloreto de sódio, ou seja, o sal de mesa.

Trata-se de uma substância de que nosso organismo necessita, porém, quando é consumido em excesso, ele causa desordens orgânicas e aumenta os riscos de desenvolvimento de várias doenças. Isso porque o excesso de sódio altera o equilíbrio hidrostático do corpo e faz com que ele retenha líquidos.

Assim, o corpo mantém os líquidos que deveriam ser excretados, o que provoca inchaços corporais. Mas esse é o menor dos problemas, porque essa retenção também interfere no trabalho dos rins e ainda aumenta o volume de sangue nas artérias.

Não bastasse tudo isso, o excesso de sódio também é responsável pelo transporte de moléculas de cálcio para as células musculares das paredes dos vasos sanguíneos, o que favorece a contração dessas células (vasoconstrição) e o aumento da resistência periférica.

Essa combinação de fatores pode aumentar a pressão arterial de forma crônica (hipertensão) e aumentar o risco de o indivíduo ter problemas do coração ou um acidente vascular cerebral (AVC). E o sódio faz mal também porque pode levar a quadros de osteoporose e osteopenia.

E não podemos esquecer de que o consumo exagerado ainda está relacionado com casos de obesidade. Isso em função do acúmulo de líquidos e porque a substância pode estimular o desejo de comer mais daquilo que a contém.

Qual é o lado positivo do sal?

Falamos sobre como o sódio faz mal, mas como dito, não podemos negar que ele tem seu lado positivo. O sódio é uma substância importante para o nosso organismo e, quando consumido na quantidade ideal, ajuda a manter o equilíbrio orgânico.

A carência de sódio pode provocar desidratação intensa, dor de cabeça, vômito, diarreia, fraqueza muscular e arritmia cardíaca.

Por isso, o ideal não é cortar o sódio, mas sim limitar o seu consumo à quantidade necessária, e ainda associá-lo à ingestão de potássio.

Isso porque sódio e potássio equilibram as funções um do outro. Enquanto o sódio faz as células reterem líquidos, o potássio faz com que elas os eliminem. Ou seja, é necessária a combinação de ambos para que o organismo mantenha a hidratação ideal.

Quanto sódio posso consumir por dia?

O recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é que seja consumido no máximo 2000 mg por dia de sódio, isso é equivalente a 5 gramas de sal. Essa quantidade é igual a 1 colher de chá desse ingrediente, o que seria em torno de 3 a 5 sachês individuais oferecidos em restaurantes.

No entanto, devemos lembrar que o sódio não é encontrado somente nos alimentos industrializados ou no sal de mesa. Alimentos naturais também contêm essa substância, sendo assim, acrescentar sal aos alimentos é desnecessário, já que ele pode ser obtido dessa maneira.

Também precisamos tomar cuidado com alimentos light, porque essa classificação não indica que o seu teor de sódio seja reduzido, pelo contrário. É comum que os fabricantes aumentem a quantidade de sódio para realçar o sabor e compensar outros ingredientes que não estão presentes nessa versão.

Alimentos doces também contêm sódio?

Estamos tão habituados a acreditar que somente os alimentos salgados é que contêm sódio, mas isso é um erro. Ele também está presente nos doces, como cereais, bolachas, bolos, chocolate, entre muitos outros.

É claro que nesse caso a quantidade é menor do que nos alimentos salgados. E nem se compara àqueles que são grandes vilões, como temperos prontos, macarrão instantâneo, salgadinhos, pizzas, fast food, entre vários outros.

Por isso, na necessidade de controlar o sódio ingerido, preocupe-se também com alimentos doces. Antes de comprar ou consumir, observe a tabela nutricional, e nela, a quantidade de sódio adicionado.

Beber água realmente ajuda a combater os perigos do sódio?

A água é a substância que nos ajuda a fazer uma verdadeira faxina em nosso organismo. Ela estimula o metabolismo, ativa o sistema linfático e favorece a eliminação de toxinas. Embora o sódio promova a retenção de líquidos, beber água faz com que o sal seja eliminado junto com o excesso de líquidos no organismo.

Porém, a água não faz milagres: se o sódio for consumido em excesso, ele fará mal mesmo que você beba a quantidade ideal de água por dia. Mas também há outras formas de combater os males do sódio.

Como dito, o potássio ajuda a equilibrar as funções orgânicas junto ao sódio, então, aumentar sua ingestão é mais uma atitude positiva. Outra substância benéfica e que protege o coração, além de outros órgãos, é o magnésio, que também deve fazer parte da dieta.

Como substituir o sal de forma saudável e agradável para o paladar?

Eliminar o excesso de sódio da sua dieta é a primeira coisa a ser feita para ter uma alimentação mais saudável. Para isso, evite os alimentos ricos nessa substância, como aqueles já citados ao longo do texto e todos que você perceber o alto teor na tabela nutricional.

Também retire o saleiro da sua mesa de jantar e entregue todos os pratos já temperados. Assim, durante o preparo você pode optar por outros temperos, que vão realçar o sabor sem fazer mal para a saúde.

Esse é o caso do alho, cebola, cheiro verde, orégano, manjericão, alecrim, azeite, limão, entre vários outros. Eles são mais saudáveis e também podem conter nutrientes, o que fará com que a comida seja saborosa e benéfica.

Evite substituir o sal por temperos em sachê, porque eles também contêm um teor alto de sódio e não são uma boa escolha para essa substituição. Ainda é possível optar por versões light de sal, que tenham um teor de sódio reduzido.

Portanto, o sódio realmente faz mal, mas também é necessário. Por isso, como sempre, devemos usar o equilíbrio para manter uma dieta saudável.

Procure evitar o consumo excessivo de sal e substitua-o sempre que possível e, ainda, opte por alimentos mais nutritivos e aqueles que tenham um teor reduzido dessa substância.

Que tal dividir com seus amigos essas informações e ajudá-los a se informarem também? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Powered by Rock Convert

Sobre Blog BEM SAUDÁVEL

Este blog é uma iniciativa da Unimed Belém e, o seu conteúdo, é voltado para orientar e inspirar pessoas que buscam uma vida mais saudável, feliz e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *