Filtro solar com base ou base com proteção solar: qual escolher?

Independentemente da estação do ano é importante usar o protetor solar todos os dias. No entanto, as altas temperaturas do verão, e a incidência de raios solares mais intensos, exige alguns cuidados extras que tornam o protetor indispensável nessa estação do ano.

Mas para quem não abre mão da maquiagem, e ao mesmo tempo precisa dessa proteção, existem os produtos que apresentam dupla função. Eles dão à pele uma aparência mais homogênea, além de possuírem Fator de Proteção Solar (FPS).

Existem diversas opções no mercado, mas você sabe qual escolher? Acompanhe o nosso post de hoje, pois vamos explicar as principais diferenças entre a maquiagem com proteção solar e o protetor com efeito de base. Confira!

VEJA TAMBÉM NOSSOS EBOOKS:
Check-list: o que fazer antes de começar uma atividade física?
Guia completo para emagrecer com saúde
Guia das vitaminas e minerais
Guia prático sobre vacinação
Guia prático para ter uma gravidez tranquila e saudável 

Base comum

Nas bases comuns, não é incorporado nenhum tipo de filtro solar. Ou seja, esse produto é utilizado apenas como uma máscara para disfarçar as imperfeições do rosto, como algumas manchas e olheiras. Ele deixa a pele mais uniforme e com tom natural.

Protetor solar

No caso do protetor ou filtro solar, ele contém em sua fórmula substâncias com alto fator de proteção contra a radiação ultravioleta do sol. Esse produto filtra a luz solar e forma uma barreira sobre a pele, prevenindo queimaduras, envelhecimento precoce, manchas, vermelhidão e o câncer de pele.

Filtro solar com base

Tem como finalidade promover a proteção da pele contra a radiação solar ao mesmo tempo em que proporciona um tom uniforme. Porém, ele não esconde as imperfeições como as bases para maquiagem, pois seu efeito é apenas tonalizante.

Entretanto, o filtro com base pode ser mais eficiente do que o protetor solar comum em alguns casos. Isso porque além de possuir o fator de proteção solar UVA e UVB, ainda protege contra a luz visível, à qual os nossos olhos são sensíveis.

Além disso, o filtro solar com base tem algumas vantagens, como:

  • proporciona uma cobertura suave;
  • deixa o aspecto mais natural;
  • protege contra a poluição e o vento;
  • é indicado para todos os tipos de pele.

Mas na hora de passar esse produto é preciso tomar alguns cuidados, como aplicá-lo em todo o rosto de maneira uniforme para não manchar e proteger a pele por igual. Recomenda-se usar a quantidade de uma colher de chá.

Ademais, o filtro solar com cor deve possuir FPS 30 — no mínimo — e ser reaplicado a cada 2 horas no dia a dia.

Base com protetor solar

A base com o protetor solar tem como função principal garantir uma alta cobertura para o rosto, disfarçando imperfeições e manchas. Também protege a pele contra a poluição, vento e luz visível.

Trata-se de uma maquiagem que possui o fator de proteção solar UVB, mas não protege contra os raios UVA, e normalmente são específicas para cada tipo de pele.

Apesar de possuir o fator de proteção, é recomendado que se houver maior exposição ao sol, o filtro — ou o protetor solar comum — seja usado antes da base.

Isso porque geralmente utiliza-se menores quantidades de base na pele, o que faz com que sua aplicação não seja uniforme. Com isso, algumas partes podem ficar desprotegidas, o que torna a proteção ineficiente.

Dessa forma, a principal diferença entre esses produtos está em sua capacidade de oferecer a cobertura ideal para a pele, proteção contra a radiação solar ou compor uma boa maquiagem.

Indicações para cada pele

Há também algumas recomendações para cada tipo de pele. Por exemplo, quem tem a pele oleosa deve evitar protetores com textura de creme, pois esses produtos aumentam a oleosidade e podem provocar acne. O ideal seria optar por géis e loções oil-free.

Por outro lado, quem tem a pele seca precisa de mais hidratação, assim o ideal é preferir produtos como cremes, hidratantes ou base mais oleosa. Dessa maneira a pele terá sua umidade natural mantida.

Vale ressaltar que a maquiagem deve ser removida sempre, pois seus resíduos podem trazer diversos problemas, como acne, alergias e rugas. Nesse caso, é importante tirar a maquiagem todos os dias, utilizando produtos removedores ou apenas água e sabão.

Outro ponto importante é o Fator de Proteção Solar (FPS) que pode variar para cada tipo de pele. Porque para quem tem a derme clara, e também para as crianças, recomenda-se o protetor com FPS 50; para pele morena, o mínimo é o FPS 30 ou 20; e para a pele negra também o mínimo de FPS é 15 ou 20.

Mas a fim de garantir maior segurança e proteção, os médicos recomendam o FPS de 30 para todos os tipos e tons de pele. Até mesmo para a derme clara, embora o fator 50 seja mais eficaz.

O ideal, então, é usar protetor solar com filtro que protege contra os raios solares, como:

UVB

Possui alto grau de intensidade entre as 10 e as 16 horas, sendo responsável por causar danos às camadas intermediárias da pele. Provoca vermelhidão, queimaduras e aumenta o do risco de câncer.

UVA

Incidem durante todo o dia, sendo mais intensos antes das 10 e depois das 16 horas. Atingem as camadas mais profundas da pele e são responsáveis por causar danos em longo prazo, envelhecimento precoce, manchas e rugas.

Dicas para se proteger melhor

Ao escolher o seu produto, além do FPS é importante ficar atento às informações descritas na embalagem. Isso ajudará a não se enganar na escolha e se decepcionar com o resultado.

Também complemente o cuidado com sua saúde adotando o hábito de usar óculos escuros e chapéus. Além de garantirem um bom visual ajudam a bloquear a radiação solar, que pode causar sérios danos para a vista (como a catarata) e ainda ressecar os fios de cabelo.

O chapéu ajuda a proteger a pele do couro cabeludo, já que ali não aplicamos o protetor solar. A cabeça também pode sofrer queimaduras e acumular no organismo os efeitos nocivos do sol, e por isso precisa de proteção.

Quando for escolher um dos produtos citados aqui, para saber por qual optar é importante observar se ele atende sua necessidade, se é indicado para aquilo que deseja e se protege contra ambos os raios, UVA e UVB.

Se ainda houver dúvidas sobre o melhor para você, consulte um dermatologista, pois somente ele poderá indicar o produto ideal para cada tipo de pele.

Isso também é importante para pessoas que possuem a pele sensível, que têm problemas de infecções ou inflamações e ainda alergia a alguns tipos de maquiagem e substâncias.

E você, costuma usar algum desses produtos? Deixe seu comentário e conte para a gente como você protege sua pele!

Powered by Rock Convert

Sobre Blog BEM SAUDÁVEL

Este blog é uma iniciativa da Unimed Belém e, o seu conteúdo, é voltado para orientar e inspirar pessoas que buscam uma vida mais saudável, feliz e equilibrada.

4 Comentários

  1. Lidyane

    Olá minha qrd, espero que esteja tudo bem cntg. Qual a base liquida matte/matificante com fator de proteção solar, que vc recomendaria que não derrete e nem transfere tanto? Principalmente para usar na época de verão. Desde já agradeço pela atenção. Beijos

    Responder
    1. Blog BEM SAUDÁVEL

      Oi, tudo bem? Para informações tão específicas, é necessário que você procure um Dermatologista. Só ele poderá recomendar o produto ideal para o seu tipo de pele, garantindo o resultado que você tanto deseja!

      Abraços,

      Equipe Blog Bem Saudável

      Responder
  2. Lidyane

    Olá minha qrd, espero que esteja tudo bem cntg. Sabe me dizer se bases sem fps mas com Dióxido de titânio na formula, protege contra luz artificial. Desde já agradeço pela atenção. Beijos

    Responder
    1. Blog BEM SAUDÁVEL

      Oi Lidyane, tudo bem?

      Agradecemos o seu comentário 😉 Sugerimos que você consulte um dermatologista. Ele é o profissional melhor indicado para tirar suas dúvidas.

      Abraços!

      Equipe Blog Bem Saudável

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *