Conheça o poder da meditação e como ela pode te ajudar

Trânsito, contas para pagar, relacionamentos, trabalho, excesso de compromissos, insegurança, crise econômica. Esses são apenas alguns dos componentes do dia a dia de bilhões de pessoas. Essa correria pode provocar várias doenças, inclusive o estresse, que é considerado o mal do século XXI.

Há pouco tempo, as pessoas não se preocupavam em melhorar a sua qualidade de vida, mas hoje a busca pelo bem-estar aumentou bastante. Um dos métodos para se alcançar um estilo de vida mais saudável é o ato de meditar.

A meditação surgiu na Índia há mais de 5.000 a.C. e vem sendo cada vez mais praticada, trazendo diversos benefícios para o corpo e para a mente.

E você? Conhece o poder da meditação? Continue lendo este artigo e saiba como ela pode ajudá-lo.

O que é meditação?

A meditação é uma atividade que procura focalizar a mente e esquecer as preocupações, possibilitando um relaxamento físico, emocional, mental e metabólico.

Você pode focar na sua respiração, sensações do corpo ou em um objeto específico. Outra forma de meditar é observando com atenção tudo o que acontece à sua volta. Você percebe, mas não reage.

O exercício de meditação é pessoal, por isso, cada um deve escolher o que acredita ser melhor.

Qual a vantagem para a mente?

O hábito de meditar protege a mente contra pensamentos supérfluos e negativos, potencializando a forma positiva de ver o mundo. Isso ajuda as pessoas a enfrentarem os problemas do dia a dia e a descobrir suas habilidades, o que possibilita o autoconhecimento.

A meditação também é capaz de moldar o cérebro, através de um processo denominado plasticidade cerebral, aprimorando a capacidade de dominar as emoções, controlar o estresse e sentir afinidade por outras pessoas. Além disso, consegue acalmar a mente para que ela esteja sempre focada e alerta.

E para o corpo?

O ato de meditar reduz a produção de adrenalina e cortisol, hormônios relacionados ao estresse, e eleva a produção de serotonina, endorfina e dopamina, neurotransmissores ligados às sensações de felicidade e prazer.

Durante a meditação, as células do corpo necessitam de uma menor quantidade de oxigênio, consequentemente, há uma diminuição da frequência cardíaca. Portanto, essa prática reduz o metabolismo e desacelera o funcionamento do corpo, promovendo o relaxamento.

Quais são os seus principais benefícios?

A meditação pode trazer diversos benefícios para o corpo e para a mente. Vamos citar 5 deles:

  1. aumento da criatividade, da memória e da inteligência;
  2. fortalecimento do sistema imunológico e nervoso;
  3. redução de depressão e insônia;
  4. aumento do desempenho e da satisfação no ambiente de trabalho;
  5. relaxamento do corpo e da mente.

A meditação possui estágios?

O processo de treinamento da mente por meio da meditação possui 10 estágios. Cada um deles tem características próprias, desafios e técnicas específicas. A cada etapa, novas habilidades são dominadas. Tal processo é único para cada pessoa.

O segredo é trabalhar com os obstáculos e objetivos de cada nível para, então, passar para o próximo estágio. Veja abaixo os 10 estágios da meditação!

1. Estabelecer uma prática

O primeiro estágio da meditação é meditar de forma consistente e diligente, ou seja, deve-se definir um cronograma diário para a meditação e engajar todo o seu coração na prática. Esse primeiro passo é importante para se criar uma rotina, desenvolvendo a meditação regularmente.

2. Posicionar a mente com continuidade

Essa etapa envolve o exercício de manter a atenção na respiração, tentando não se distrair. É necessário treinar a concentração, prolongando ao máximo o período de atenção no objeto da meditação.

3. Atenção estendida e superação do esquecimento

No terceiro estágio, os desvios de atenção são mais curtos, entretanto, a pessoa pode dormir ou esquecer do que está fazendo. Deve-se usar a técnica da respiração para estender os períodos de atenção ininterruptas e não adormecer.

4. Atenção contínua e superação das distrações

Nessa etapa, você consegue manter o foco na respiração e já é possível fazer correções antes que distrações sutis tornem-se distrações maiores. Por isso, nesse estágio, há um aumento no tempo de meditação.

5. Superação da tontura e aumento da atenção plena

Para superar a tontura, a atenção e a consciência devem ser desenvolvidas nesse estágio. O aperfeiçoamento dessas habilidades garante a atenção plena, aumentando o tempo de foco.

6. Controle das pequenas distrações

Apesar dos avanços na atenção e no foco, pequenas distrações ainda podem prejudicar a meditação. Nessa fase, você vai alcançar a atenção exclusiva no objeto, sendo capaz de meditar durante todo o tempo sem perder a concentração.

7. Atenção exclusiva e unificação

Nessa fase, você é capaz de manter o foco durante toda a sessão, mas cuidado! Distrações podem te atrapalhar se você parar de se esforçar. É importante ficar vigilante e fazer um esforço contínuo para continuar concentrado.

8. Pacificação completa

Você é capaz de sustentar a atenção exclusiva, porém, a dor física e o desconforto podem limitar o tempo da meditação. Com a pacificação completa, os cinco sentidos ficam silenciosos e o tempo da sessão pode ser prolongado.

9. Alegria meditativa

Depois de alcançar a pacificação completa, surge a alegria meditativa, estado de espírito que traz felicidade e prazer físico. Entretanto, mantenha-se controlado, porque a intensidade dessa alegria pode perturbar a mente e provocar distração.

10. Tranquilidade e equanimidade

Agora você já é capaz de se concentrar na meditação por tempo indeterminado e sem esforço, com atenção plena, alegria e tranquilidade. Se você meditar com grande frequência, essas características vão se tornar a condição normal da sua mente.

Como começar a praticá-la?

Preparamos um pequeno guia com 5 dicas para você começar a meditar em casa!

  1. Reserve um horário conveniente.
  2. Escolha um ambiente tranquilo.
  3. Coloque uma música relaxante.
  4. Sente-se em uma posição confortável e feche os olhos.
  5. Concentre-se na sua respiração e não pense em mais nada por alguns minutos.

Você também pode optar por utilizar alguma ferramenta para guiar a sua meditação. Existem diversos aplicativos gratuitos com essa função, vamos listar alguns para auxiliá-lo:

  • Sattva;
  • 5 minutos;
  • Relax Meditation: Sleep Sounds;
  • Stop, Breath & Think;
  • Zen.

E agora? Já sabe qual é o poder da meditação? Percebeu como ela pode ajudar você? Siga a nossa página no Facebook, nosso perfil no Instagram e nossa conta no Twitter para ver mais conteúdos.

Powered by Rock Convert

Sobre Blog BEM SAUDÁVEL

Este blog é uma iniciativa da Unimed Belém e, o seu conteúdo, é voltado para orientar e inspirar pessoas que buscam uma vida mais saudável, feliz e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *