Conheça 9 opções de chás para ajudá-lo a emagrecer

Você está naquela luta contra a balança e com dificuldades de vencer? Nessas horas, além de uma reeducação alimentar, é essencial ter opções saudáveis e fáceis à disposição. E, dos diversos recursos que podemos utilizar, um dos principais é tomar chá para emagrecer.

As infusões são caracterizadas por seu potencial diurético e baixo valor calórico. Assim, escolher bem a planta da qual fará o chá pode ajudar a aumentar a queima de gordura, diminuir o inchaço causado pela retenção de líquidos e, ainda, auxiliar na prevenção de diversas doenças.

Por isso, neste post, daremos 9 dicas de chás que podem ser utilizados para a perda de peso. E ainda mostraremos as vantagens de cada um, para que você possa experimentá-los e ver qual agrada mais o seu gosto. Vamos lá?

1. Chá verde

Esse é um dos chás mais ricos em compostos com atividades funcionais. Consumido em mais de 160 países, ele pode diminuir os níveis de colesterol e estimular a imunidade, pois é antimicrobiano e antioxidante.

Os polifenóis, encontrados em sua composição, regulam diversas enzimas responsáveis pela redução da absorção de lipídeos e carboidratos no intestino. Além disso, ele contém um importante sinalizador para o controle da saciedade.

Estudos demonstram que o chá verde pode aumentar cerca de 4% do gasto energético e da oxidação lipídica — o que significa que ele te faz gastar mais energia, e ainda ajuda a queimar as gordurinhas!

eBook "Guia Completo para Emagrecer com Saúde"

2. Chá de hibisco

O hibisco é originário da África oriental e foi uma das primeiras plantas trazidas pelos escravos ao Brasil. Seus benefícios à saúde já são comprovados por vários estudos, principalmente quanto à sua capacidade antioxidante.

O potencial de neutralizar radicais livres vem da vitamina C, dos compostos fenólicos, fitoesteróis, tocoferóis e antocianinas presentes em sua composição. Substâncias que previnem o envelhecimento e doenças cardiovasculares, além de proteger contra a catarata e aumentar a imunidade.

Além disso, o chá de hibisco ainda é capaz de regularizar o funcionamento do intestino, diminuir a retenção de líquidos e auxiliar na destruição das gorduras.

3. Chá de carqueja

Essa infusão é utilizada para tratar problemas de fígado, estômago, vesícula, intestino solto e até reumatismo. E as plantas utilizadas para o chá podem ser encontradas no Uruguai, no norte de Argentina, na Bolívia e no Brasil.

Ele é capaz de auxiliar no emagrecimento por meio do tratamento da má digestão, gastroenterites, doença nos rins e baços, e de cálculos biliares. Além disso, ele contém diversos antioxidantes, importantes para evitar o envelhecimento precoce.

Agora, vale ressaltar que, apesar de todos esses benefícios, a carqueja tende a ser um pouco amarga. Então, se for adoçar o chá, lembre-se usar adoçantes, de preferência, naturais.

4. Chá de cavalinha

A cavalinha é uma planta natural de áreas pantanosas e é cultivada em todo o Brasil. Em sua composição são encontrados diversos antioxidantes poderosos. Seus fins medicinais são amplos, variando desde propriedades adstringentes, cicatrizadoras e antiinflamatórias até o auxílio em fraturas ósseas e infecções.

Também é um potente diurético, que auxilia na diminuição da retenção de líquidos e na própria perda de peso. E ainda tem propriedades que diminuem a ansiedade — podendo, assim, ajudar no controle da compulsão por comida.

5. Chá de gengibre

O gengibre é um alimento termogênico, o que significa que ele acelera o seu metabolismo e incentiva o corpo a queimar o excesso de gordura para produzir energia. Também é um forte aliado no emagrecimento, muito utilizado como alimento funcional contra a obesidade.

Além de ajudar na perda de peso, seu chá é um potente antimicrobiano, diurético e antioxidante. Nesse sentido, funciona como analgésico, bem eficaz contra doenças inflamatórias, como a osteoartrite.

É interessante fazer o chá de gengibre com pedaços frescos da raiz, já que alimentos naturais e menos processados tendem a ter maior quantidade e qualidade de nutrientes.

6. Chá de canela

Outro potente termogênico, a canela tem a mesma capacidade que o gengibre de induzir a queima de gordura, acelerar o metabolismo e aumentar o gasto calórico. Por isso, também auxilia bastante no emagrecimento.

Além disso, a especiaria tem potencial antiinflamatório, e o seu chá tem maior concentração de nutrientes quando feito com a canela em paus. Memorize: quanto menos processado, melhor.

Contudo, é importante ressaltar: apesar de ter seus benefícios, essa infusão não é indicada para gestantes, já que a canela pode aumentar o risco de aborto espontâneo.

7. Chá de alcachofra

Outra planta consumida como chá para emagrecer é a alcachofra. Graças ao seu potencial para estimular o fígado, diminuir o colesterol e aumentar o trânsito intestinal, ela pode ser uma grande aliada na perda de peso.

Além disso, também possui grande poder diurético — contribuindo para a desintoxicação do organismo —, e a cinarina, em sua composição, garante sua alta digestibilidade. A infusão deve ser feita com as folhas da planta, deixadas para descansar durante 10 minutos. Após este tempo é preciso coar para se extrair apenas o chá, livre de folhas. 

8. Chá preto

Um dos chás mais consumidos no mundo todo, e não à toa: tem ação antioxidante, diurética e adstringente, prevenindo ainda o câncer, a arteriosclerose e a asma. Além disso, possui cafeína e polifenóis, que garantem o aumento do metabolismo e da queima de gordura e a redução do apetite.

Assim como qualquer outro chá para emagrecer, o chá preto pode ser tomado quente ou frio — ou seja, não há a desculpa de que está muito calor para bebê-lo. Contudo, ele não deve ser tomado à noite, já que a cafeína pode atrapalhar o sono.

9. Chá branco

Tendo, basicamente, os mesmos benefícios dos chás verde e preto — como a ação diurética e antioxidante, e a aceleração do metabolismo —, o chá branco ainda é o que tem menor conteúdo de cafeína e o menos processado.

Por conta disso, contém a maior quantidade de agentes antioxidantes, o que o torna mais capaz de ajudar a emagrecer, prevenir o câncer, proteger os olhos e o cérebro!

Bom, depois de tudo disso, é muito importante lembrar que nenhum chá para emagrecer é milagroso. A associação com uma alimentação balanceada e exercícios físicos é fundamental para que haja perda de peso de modo saudável.

Lembre-se: antes de perder peso a qualquer custo, deve-se priorizar a saúde e o bem-estar. Dietas restritivas podem causar falta de nutrientes e desencadear doenças sérias. Então, não comprometa a sua saúde e procure sempre a ajuda de profissionais.

Então, gostou dessas 9 dicas de chá para emagrecer? Entendeu como cada um age no nosso corpo a favor da perda de peso? Sobrou alguma dúvida ou conhece outro chá emagrecedor? Deixe-nos o seu comentário e participe da discussão!

Powered by Rock Convert

Sobre Blog BEM SAUDÁVEL

Este blog é uma iniciativa da Unimed Belém e, o seu conteúdo, é voltado para orientar e inspirar pessoas que buscam uma vida mais saudável, feliz e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *