11 cuidados que você deve ter com a saúde dos olhos

Problemas de visão podem atrapalhar o cotidiano, reduzir a produtividade e afetar a qualidade de vida. Felizmente, alguns cuidados simples fortalecem a saúde dos olhos e previnem doenças oftalmológicas.

Pensando nisso, preparamos este artigo especial com 11 dicas para garantir uma visão saudável. Continue a leitura e adote estes novos hábitos!

VEJA TAMBÉM NOSSOS EBOOKS GRATUITOS:
Check-list: o que fazer antes de começar uma atividade física?
Guia completo para emagrecer com saúde
Guia das vitaminas e minerais
Guia prático sobre vacinação
Guia prático para ter uma gravidez tranquila e saudável 

1. Conheça o histórico de saúde dos olhos da sua família

Você sabia que muitas doenças oculares são hereditárias? Por isso, é importante conhecer o histórico de saúde dos olhos da sua família. Converse com seus parentes sobre o diagnóstico de patologias relacionadas à visão e informe o seu oftalmologista caso haja algo recorrente.

2. Tenha cuidado com a maquiagem

Para manter a saúde dos olhos, é preciso tomar alguns cuidados básicos com a maquiagem, como verificar a procedência e a data de validade do produto antes de usá-lo e optar por marcas antialérgicas.

Além disso, é preciso remover toda a maquiagem antes de dormir, para evitar irritações e inflamações na área ocular. Evite também usar pincéis de terceiros, pois existe risco de contaminação.

Cremes e cosméticos criados para a área ao redor dos olhos também podem trazer riscos. Além de tomar muito cuidado ao passar esse tipo de produto, é necessário informar seu oftalmologista sobre o uso de qualquer substância que, mesmo que indiretamente, possa afetar a sua visão.

3. Alimente-se bem

A boa alimentação está relacionada à prevenção de diversas doenças, inclusive daquelas que afetam os olhos. Manter uma dieta balanceada e rica em vegetais é um importante hábito para prevenir a degeneração macular e outras doenças oculares.

Aposte em frutas, verduras e legumes de pigmentação amarela e verde, como laranja, mamão papaya, cenoura, tangerina, brócolis e couve. Peixes que são ricos em ômega 3, como o atum e o salmão, proporcionam inúmeros benefícios à saúde dos olhos. O consumo de ovos cozidos, óleo de linhaça e azeite de oliva também é recomendado.

4. Cuidado com o consumo de açúcar

Provavelmente, você já sabe que o consumo excessivo de açúcar favorece o desenvolvimento de doenças como a obesidade e a diabetes. Além disso, o alto nível de açúcar no organismo também pode causar doenças oculares.

O excesso de glicose no sangue pode levar à retinopatia diabética, uma doença silenciosa, que surge com o sintoma de vista embaçada e pode levar à cegueira. Portanto, evite os exageros na alimentação.

5. Lave as mãos com frequência

O hábito de esfregar ou coçar os olhos com frequência pode favorecer o surgimento de infecções bacterianas. Por isso, é importante lavar as mãos com regularidade, além de evitar levá-las aos olhos.

Se você sentir incômodo ou coceira na região dos olhos, procure lavá-los com água fria. Ao persistirem os sintomas, procure um médico especialista.

6. Não esfregue os olhos

Além de levar as bactérias das mão aos olhos, o hábito de esfregar essa região representa um outro risco. Se alguma partícula estranha estiver presente na córnea, poderá causar pequenas lesões, escoriações e até mesmo inflamações.

Ao perceber qualquer corpo estranho dentro dos olhos, o mais indicado é procurar um oftalmologista. Se necessário, o profissional poderá remover a partícula estranha e indicar medicamentos para prevenir a inflamação e reduzir o incômodo.

7. Evite o tabagismo

O cigarro é considerado um fator de risco para diversas doenças crônicas, inclusive doenças oculares. Pesquisas já associaram o tabagismo à degeneração macular, à catarata e aos danos ao nervo ótico, que podem causar cegueira irreversível.

Se você é fumante, procure parar de fumar ou reduzir o consumo de cigarros. Além de prevenir diversas doenças, você ganhará mais fôlego, energia e qualidade de vida.  

8. Cuidado com os óculos de sol

Os óculos de sol são excelentes para proteger os olhos dos raios UV, porém, é preciso atentar-se à qualidade e à procedência do acessório.

Óculos vendidos em camelôs, por exemplo, devem ser evitados. Eles não passam pelos testes de segurança necessários e são comercializados de forma irregular.

Além de não bloquear os raios UVA e UVB, esse tipo de acessório acaba expondo ainda mais os olhos, pois as lentes escuras tendem a dilatar as pupilas, fazendo com que a quantidade de raios que penetram o globo ocular seja muito maior.  

9. Dê descanso para os seus olhos

Essa dica é muito importante, principalmente para as pessoas que estudam ou trabalham por longos períodos. É preciso dar um descanso para as vistas, com o objetivo de reduzir a fadiga ocular.

Descanse os seus olhos a cada vinte minutos, olhando para longe ou tapando os olhos com as palmas das mãos por pelo menos um minuto. Outra dica bastante útil: pisque os olhos com mais frequência, pois isso ajuda a lubrificar a córnea e evitar o ressecamento dos olhos.

Quando forçamos a nossa visão por muito tempo, podemos sentir sintomas que reduzem a nossa produtividade, como dores de cabeça, dificuldade de enxergar e irritabilidade. Por isso, a prevenção sempre será a melhor opção.

10. Cuidados com as lentes de contato

Se você usa lentes de contato, lembre-se de seguir corretamente todas as instruções do seu oftalmologista ao manuseá-las. Lave bem as mãos antes de colocá-las ou tirá-las e não esqueça de higienizar o estojo de proteção.

Tire as lentes de contato para dormir, entrar no mar ou em piscinas. Se você realmente precisar delas para nadar, utilize um óculos de natação para protegê-las. Por fim, esteja atento ao prazo de validade das suas lentes de contato.

Se você deseja utilizar lentes de contato apenas pelo fator estético, com o objetivo de dar novas cores aos seus olhos, consulte um oftalmologista antes, para tirar suas dúvidas, aprender a manuseá-las e conhecer o tipo de lente que melhor se adaptará aos seus olhos

11. Consulte um médico oftalmologista

Procure um médico oftalmologista para a realização de uma consulta clínica e de exames preventivos, mesmo que você não esteja apresentando qualquer sintoma. Lembre-se de que muitas doenças oculares são silenciosas e, quanto mais cedo elas forem diagnosticadas, maiores são as suas chances de cura.

O oftalmologista também poderá informar as melhores maneiras de prevenir os principais problemas oculares, de acordo com seu perfil e estilo de vida. Visite o seu médico pelo menos uma vez por ano.

Agora que você já conhece os principais cuidados que deve ter com saúde dos olhos, adote novos hábitos e previna-se. Quer receber mais dicas como essas? Então curta a nossa página no Facebook e acompanhe todo o conteúdo em primeira mão. Esperamos por você!

Powered by Rock Convert

Sobre Blog BEM SAUDÁVEL

Este blog é uma iniciativa da Unimed Belém e, o seu conteúdo, é voltado para orientar e inspirar pessoas que buscam uma vida mais saudável, feliz e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *